Como Deus está conosco o medo não pode atrapalhar a missão


Queridos irmãos e irmãs, estamos na missão e as dificuldades aparecem, mas para ser bem sucedidos devemos ser fieis a Deus não missão em que estamos a fazer. Deus sempre nos assistirá com seu amor que nunca nos abandona.

HOMILIA DOMINICAL: ENVIO DOS 72 DISCÍPULOSA liturgia bíblica deste domingo nos dará as pistas para que não fraquejemos na missão mesmo diante de obstáculos e dificuldades.

No livro de Jeremias narra o drama do profeta Jeremias que experimentou solidão, perseguição sofrimento e abandono. Diante de tantas desafios, ele consegue ser fiel, mesmo que no início teve receio por ser jovem e de não saber falar direito, mas Deus é que vai dar as palavras e a coragem necessária para a missão. Deus pede a ele não ter medo que vai dar as palavras e jeito de dizer será o próprio Deus.

O que dá o alento a ele é a presença de Deus na sua vida de ação porque é Deus que dará o selo para o êxito dessa missão que foi lhe dado pelo próprio Deus. Jeremias foi perseguido porque falou a verdade na cidade de Jerusalém que estava longe daquilo que Deus quer devido a atitude má das autoridades e das corrupções vida por eles. Jeremias confia em Deus. (cf. Jr 20,10-13)

Na carta de São Paulo aos romanos nos alerta que a salvação do homem não está vinculada ao cumprimento da Lei, mas é no fato de ter abertura para o dom da salvação que Deus propõem a todos. Isso foi realizado em Jesus nosso senhor que nos trouxe o desejo de Deus a humanidade. (cf. Rm 5,12-15)


O evangelista Mateus nos mostra o sermão apostólico. A missão dos apóstolos não pode ter como bagagem o medo. Como podemos ver que Jesus fala por três vezes quando diz não tenha medo.

É natural quando somos chamados a fazer uma missão é ter medo do fracasso, o medo de morrer na perseguição e o medo de sobrevivência. Mas podemos sentir mais seguros quando Jesus fala dos pássaros que são assistido por Deus nos seus cuidados até da alimentação. E se somos os seus filhos, logico é entender que Deus cuidará de cada um de nós com certeza. (cf.Mt 10,26-33)

Infelizmente, muitos abandonam a missão devido as perseguições, as indiferenças das pessoas, as ingratidões, as incertezas e as adversidades, tudo isso não pode nos impedir para que a missão seja feita no projeto de evangelização dos povos. Somos uma igreja de saída, do pão partilhado e de uma comunidade de irmãos que querem estar com Deus sempre.

Não podemos jamais esquecer que Jesus nos diz: “Quem se declarar a meu favor diante dos homens, também eu me declararei em favor dele diante do meu Pai que está nos céus.”

Que esta liturgia desse domingo nos ajude a ter a certeza que a obra é Deus e é Ele que vai nos habilitar para desempenhar bem a missão de levar a boa noticia de Jesus a todos.

A salvação é dom gratuito de Deus para nós e cabe aderirmos a Deus em uma comunidade viva que demostra um compromisso para vida a onde todos pode ser acolhido e achegar diante da mesa da palavra e da eucaristia que nos fortalecem para uma vida de solidariedade e fraternidade com todo.
Tudo por Jesus e nada sem Maria. !!!

Bacharel em Teologia Jose Benedito Schumann Cunha

Por que Jesus escolheu os doze apóstolos? - YouTube

A Missão de cada cristão é evangelizar

Queridos irmãos e irmãs, estamos reiniciando o tempo comum, Deus quer salvar a todos, o seu plano de salvação precisa de cooperadores na evangelização. Deus nos salva e precisa de cada um ser porta voz Dele no mundo para levar a boa notícia da salvação e mostrar isso por coerência de vida  cristã que Deus é amor. Assim somos enviados para a missão.

A liturgia bíblica desse domingo no levarão a entender melhor esse compromisso que cada um tem devido ao batismo a onde somos inseridos na comunidade Igreja.

No livro do Êxodo, vemos que foi por iniciativa de Deus formar um Povo, libertando-o da Escravidão do Egito. Fez com esse um povo uma Aliança e o fez portadores da promessa messiânica. No Monte Sinai Deus dá a Tabua da Lei e diz : Se escutardes a minha voz e fordes fiéis à minha aliança,...sereis meu povo escolhido, um reino de sacerdotes, uma nação santa".

É um compromisso que todos aderiram e a caminham com Deus. Precisa ser fiel para obter a plena comunhão e o bem  com Deus e se afastarmos Dele ficaremos a deriva e longe das promessas de um Deus que salva sempre. Mas é preciso que comprometermos com Ele. Hoje esse povo é a Igreja que fala e nos apresenta Deus em Cristo na força do Espirito Santo. Ela tem autoridade de fazer a ponte da terra com Deus através do sumo sacerdote que é Cristo Senhor. Ela tem a missão de anunciar o Evangelho vivo da bondade de Deus a todos. (cf. Ex 19,2-6a)

Na carta de São Paulo aos romanos nos mostra que a missão de Jesus é devida a envio de Deus Pai até nós. Agora Jesus é a cabeça da Igreja e nós somos seus membros. E temos uma missão importante de levar a todos que Deus é Deus conosco em Jesus Cristo. Somos agraciados pela presença de Jesus na Eucaristia e na comunidade que se reúne em nome da trindade, Jesus está no nosso meio para inflamar o nosso coração para a missão e de transformar esse mundo para um lugar justo, de amor, de perdão de misericórdia e de solidariedade. Somos uma Igreja viva sem buscar regalias nenhuma mas ser uma Igreja de serviço a todos. (cf. Rm 5,6-11)

O evangelista Mateus nos mostra o segundo discurso que é denominado o sermão apostólico. Aqui Jesus é o exemplo de serviço e obras para a edificação de um mundo novo onde todos são convidados a fazer parte. A mesa é para todos. Aqui vemos o chamado dos doze e o envio deles por Jesus no mundo é um projeto de vida e libertação que deve alcançar a todos. Se quisermos seguir Jesus é preciso se comprometer com a cultura da vida e favor dos que mais precisam de ajuda e libertação.

Somos missionários de Cristo e temos a responsabilidade de levar a boa noticia de Jesus a todos que é a salvação do homem por completo. Jesus sabe que a messe é grande e falta operários dedicados para a missão de trabalhar para o Reino. (cf. Mt 9,36-10,8) 

Somos salvos quando acreditamos em Cristo e quando somos  batizados, mas para chegar a essa nova realidade é preciso que haja anunciadores que vão a todos os lugares para dar testemunha em palavras e obras o que Jesus fez e faz sempre. Assim Jesus nos capacita para a missão com a sua graça;

Que a liturgia desse domino nos ajude a tomar consciência que a missão é evangelizadora para que esse mundo sai da cultura de morte para a cultura da vida.

 

Tudo por Jesus nada sem Maria. !!!

 Bacharel em Teologia Jose B. Schumann Cunha


O Coração de Jesus transborda de amor ao ser humano


Na sexta-feira depois da oitava da festa do Corpo de Deus, a Igreja celebra a festa do Sagrado Coração de Jesus. Ao lermos a palavra de Deus e vemos a palavra do coração mencionado várias vezes. Se observarmos bem são 853 vezes que se relata a palavra coração no Antigo Testamento 156 vezes no Novo Testamento.

Coração de Jesus que tanto nos amais - Comunidade Católica ShalomA ideia do coração é dado ao local do pensamento, das paixões humanas de variados sentimentos. Devido a isso nós remetemos também a atitude do coração em Deus. Deus ao criar-nos colocou um coração de carne que pulsa para a vida. É o sentimento que brota nele no amor porque quem ama está em Deus, e é por isso que não podemos endurecer os nossos corações porque se fizermos isso vamos separar de Deus e dos irmãos e irmãs. O coração de Deus foi e é no Cristo que vive para sempre nas eucaristias que celebramos, na Palavra que ouvimos e no dia a dia em que vivemos.

No livro do profeta Ezequiel nos mostra Deus como um bom pastor que sempre está ao lado do seu rebanho e nos cuida com grande carinho. Deus é amor , e é  um amor infinito a onde cabe todos nós. (cf. Ez 34,11-16)

Na carta aos romanos nos dá a ideia para que confiemos sempre em Deus, pois Ele nos amou, mesmo quando ainda éramos pecadores, mas agora tem uma valor a mais pois fomos resgatado e justificados no sangue precioso de Cristo derramado na cruz por toda humanidade, (cf. Rm 5,5-11)

O evangelista Lucas nos mostra Deus que sempre está atento ao seu rebanho, principalmente quando uma ovelha se perde. Ele não se conforma e vai atrás até encontra-la e a traz nos ombros e tem uma grande alegria de ter a encontrado.

O coração de Jesus foi transpassado pela lança do soldado, ali saiu água e sangue. Nesse coração está a forma completa de doação ao homem para que ele volte e seja feliz no Reino de Deus que preparou para todos nós. Ao contemplarmos o coração de Jesus nós estamos contemplando o amor infinito de Deus por toda humanidade e que ela retorne a esse amor que produz justiça e vida. (Lc 15,3-7)

Que a liturgia em honra ao Sagrado Coração de Jesus nos anime na vida de comunidade e que possamos sentir a presença dele no seu coração misericordioso dizendo sempre: eu confio em vós!!!. Tudo por Jesus nada sem Maria.

Bacharel em Teologia Jose B. Schumann Cunha
Tecnologia do Blogger.