Os dinossauros existiram? Sua existência se opôem aos ensinamentos da Bíblia? Alguns leitores me perguntam se os dinossauros existiram mesmo e se a sua existência não se opõem aos ensinamentos da Bíblia.A existência dos dinossauros é comprovada pela paleontologia e não tem conflito com a Bíblia. O Gênesis não tem a intenção de descrever a ordem ou o modo como apareceram as criaturas; não entra em questões de ordem científica, étnica ou paleontológica. Segundo o cálculo dos cientistas a Terra se formou a cerca de 5 bilhões da anos e sempre sofreu períodos de extinção em massa. Há 250 milhões de anos, quando a sua parte emersa formava apenas um continente, (a Pangéia), um acontecimento, como a queda de um asteróide pode ter extinguido várias formas de vidas primitivas. Mais tarde, favoreceu o aparecimento de novas espécies como plantas e dinossauros, durante os períodos triássico, jurássico e cretáceo (entre 250 milhões e 66 milhões de anos atrás).Esses dinossauros eram répteis da super-ordem dos Arcossauros, com tamanho que variava de uma galinha até os tipos gigantescos, como, por exemplo, o diplodoco, com 27m de comprimento e cerca de 30 toneladas de peso.Nas divisões do tempo geológico, houve a época era mesozóica, situada entre o paleozóico e o cenozóico. Abrange três grandes períodos: o triássico, o jurássico e o cretáceo. Durou cerca de 160 milhões de anos, estendendo-se de 225 a 65 milhões de anos atrás. Conhecida como a era dos répteis, foi a época em que dominaram os grande sáurios e surgiram os mamíferos e as aves.Tudo isto não está em conflito com o texto bíblico que não pretende oferecer uma descrição científica da origem das criaturas, mas apenas mostrar o sentido religioso das mesmas ou o valor que elas têm perante Deus e o homem.

Postar um comentário

Tecnologia do Blogger.