Neste domingo, 20 de novembro, a Igreja celebra a Festa de Cristo Rei, encerrando assim o Ano Litúrgico A. A partir do próximo domingo, vivenciaremos já o período do Advento, em espera pela chegada do Senhor. 
Origem - Cristo Rei encerra o Ano Litúrgico, um ciclo. Isto tem um grande significado: começamos o Ano nos preparando para o Nascimento do Senhor e terminamos com a festa de Cristo Rei e Senhor do Universo, aquele que é o "Alfa e o Ômega", princípio e fim de tudo. A cada ano, vivemos este ciclo, só que a partir de autores diferentes: este Ano que ora terminamos, a pregação de São Mateus foi o norte das ações litúrgicas. Neste novo, o evangelista São Marcos nos fornecerá o texto bíblico de iluminação da caminhada.
Foi instituída por Pio XI (papado de 1922-1939), em 1925, através da Encíclica "Quas Prima". Na verdade, o fato desta festa ser estabelecida quase 2000 anos depois da vinda de Cristo não significa que a Igreja não reconhecesse Cristo como Senhor e Rei do Universo. Pois, como sabemos, as festas cristãs da Epifania, Páscoa e Ascensão também são festas de Cristo Rei. O estabelecimento de uma festa específica tinha como caráter de enfatizar a Soberania de Cristo, em um mundo bastante marcado pela secularização e pelo crescimento do ateísmo. 
Em 1970, o Papa Paulo VI colocou-a como a última festa do Ano Litúrgico, numa forma de enfatizar o sentido cósmico e escatológico da Festa. Além disso, mudou o nome para "Festa de Cristo Rei do Universo". Isto abre caminho para a celebração do Advento, que celebra a Primeira Vinda de Cristo, enfatizando a sua Segunda Vinda Gloriosa, pela qual julgará todos os homens.
O Evangelho deste domingo é a continuação da Parábola dos Talentos que refletimos domingo passado, pois o Senhor nos chama a empregar os talentos, dados por Ele em serviço dos irmãos mais necessitados. O Senhor nos chama a vivência da fé, através de obras concretas, do serviço, da disponibilidade de tempo em favor de quem precisa. Deste texto, a Igreja extraiu as "Obras de Misericórdia Espirituais e Corporais", que são formas de servirmos a Deus, pelo nosso irmão. Eis as catorze obras, sendo sete espirituais e sete corporais (algumas não aparecem expressas no texto): 

CORPORAIS
  1. Dar de comer a quem tem fome.
  2. Dar de beber a quem tem sede.
  3. Vestir os nus.
  4. Dar pousada aos peregrinos.
  5. Visitar os enfermos.
  6. Visitar os encarcerados.
  7. Enterrar os mortos.
ESPIRITUAIS
  1. Dar bom conselho.
  2. Ensinar os ignorantes.
  3. Corrigir os que erram.
  4. Consolar os aflitos.
  5. Perdoar as injúrias.
  6. Sofrer com paciência as fraquezas do próximo.
  7. Rogar a Deus pelos vivos e defuntos.
A Festa de hoje nos ensina que Cristo santifica a toda a criação, através do Seu Preciosíssimo Sangue derramado, para entregá-la ao Pai, na consumação dos tempos, na sua Segunda Vinda. Portanto, apesar do medo que muitos cristãos tem da Vinda de Cristo, devemos nos alegrar, pois Ele nos deu a garantia de que estaremos para sempre ao seu lado. Isto é uma opção de vida: Deus nos predestinou a todos a salvação, como diz São Paulo. Não predestinou a uns e outros não: Cristo morreu e ressuscitou pela salvação de todos os homens. Não é por nosso mérito, pela nossa "bondade" que a alcançaremos, mas sim pela Misericórdia Infinita de Nosso Senhor que, para isto, espera que contribuamos com o seu Projeto, amando aos irmãos, traduzindo este amor em boas obras, vivendo a fé: é assim que Deus nos chama a conversão.
Cristo enfatiza isto quando diz: "Toda vez que fizeram isto ao menor dos meus irmãos, foi a mim que o fizeram".

Vem aí o tempo do Advento, tempo de conversão, de penitência, de revisão das nossas vidas: é hora de deixarmos o nosso egoísmo, nossa sede de prazer, o consumismo, as glórias pessoais e viver os valores que o Cristo nos deixou. Só assim o Natal terá seu sentido verdadeiro expresso em nossas vidas.
Que Deus os abençoe, que neste novo ano litúrgico possamos experienciar o encontro com o Cristo vivo e ressuscitado em cada dia, em cada hora, em cada minuto...

IMAGEM:   http://1.bp.blogspot.com/_FWsgFqvfbj4/SwkySsDrDAI/AAAAAAAABl8/ENJAFoiB4u4/s1600/CistoRei.jpg

Postar um comentário

Tecnologia do Blogger.