Contador de histórias:
“A terra era bela, até o momento quando o espírito do homem veio ao mundo e destruiu tudo. E os homens disseram: ‘Façam-se as trevas!’ E as trevas se fizeram. E os homens amaram as trevas, e assim chamaram as trevas de ‘segurança’. E eles se separaram em raças, religiões, gêneros e classes socais.”

1º grupo:“E não se fez nem tarde, nem manhã no sétimo dia sobre a terra. E os homens disseram: ‘Que haja um governo poderoso, para controla-nos na escuridão. Que haja exércitos para controlar os nossos corpos, para que aprendamos a matar-nos mutuamente de modo competente, no meio da nossa escuridão.’”

2º grupo:
“E não se fez nem tarde, nem manhã no sexto dia antes do fim. E os homens disseram: ‘Que haja foguetes e bombas, para podermos matar de modo mais rápido e eficiente. Que haja uma maior militarização e segurança.’”

3º grupo:
“E não se fez nem tarde nem manhã no quinto dia antes do fim. E os homens disseram: ‘Que haja religiosos de ala direita e de ala esquerda; que haja para eles um modo de vida agradável e acomodado e outros jeitos de escapar da realidade dos pobres e oprimidos, que são um continuo escândalo que nos incomoda.’”

4º grupo:
“E não se fez nem tarde nem manhã no quarto dia antes do fim. E os homens disseram: ‘Que haja guerra entre os povos, para que saibamos quem seja o nosso inimigo comum.’”

1º grupo:
“E não se fez nem tarde nem manhã no terceiro dia antes do fim. E finalmente os homens disseram: ‘Vamos fazer Deus segundo a nossa imagem. Deixam outros deuses se medirem conosco. Vamos declarar: Deus pensa, como nós pensamos; Deus odeia, como nós odiamos; Deus mata, como nós matamos!’”

2º grupo:
“E não se fez nem tarde nem manhã no segundo dia na terra.”

3º grupo:
“No último dia ouviu-se um grande ruído na face da terra. Fogo destruiu o maravilhoso globo terrestre e então havia... silêncio. E finalmente, a terra, toda preta, teve folga para poder adorar o único e verdadeiro Deus.”

Todos: “E Deus viu tudo que os homens tinha feito. E no silêncio que pairava sobre as ruínas, Deus chorou. Viu quantidades de destroços e coisas mortíferas, mas nem tudo estava perdido. Ainda existem caminhos da vida, lutas pela libertação, atitudes espirituais, que mantêm a vida dos nossos povos asiáticos.”

Postar um comentário

jeveaux disse... 8 de maio de 2010 20:28

Aos Vocacionados Menores,
Minha sincera gratidão pelo trabalho demonstrado.
Muito bom os Artigos, tudo!
Continuem sendo como as estrelas...
Parabéns!
Marilda Silveira,
Contagem, 2010-05-08

Tecnologia do Blogger.